segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Um beijo

Um beijo.
Perdido no meio de buzinas,
Sozinho por entre carros.
Um sentido para a caminhada,
Por entre a multidão dispersa
Que em voltas, corre apressada.
Escondido, uma paragem no tempo.
Que abstraído da realidade,
Continua apaixonado.
Um pedaço de amor que contrasta,
Um reencontro que se afasta… que se afasta…

2 comentários:

  1. Que belissíma descrição do acto beijar, que tenhamos todos sempre beijos assim :)
    Encontrei-me no meio das palavras que escreveste. Continua a plantar muito muito muito! Por favor amiga*

    ResponderEliminar