quinta-feira, 7 de julho de 2011

Madrid II- el gato que tiene siete vidas

Há um cheiro que caracteriza as várias linhas de metro de Madrid. As pessoas, essas, têm aquelas expressoes rotineiras de regresso a casa depois de mais um dia de trabalho.
Há um senhor que toca violino em Argüelles. Tiro os phones dos ouvidos por respeito ou por algo no seu olhar que me faz querer ouvi-lo.
Por vezes desafina, mas vale a pena. Alguém importante me disse que quando somos imperfeitos, somos inteiros... mas quando somos perfeitos nao somos humanos sequer!
Vejo um anúncio a uma peça de teatro "el gato que tiene siete vidas"... y yo ? Cuantas tengo?
É que acho que já "morri" e voltei a viver várias vezes...

3 comentários: