quarta-feira, 3 de novembro de 2010

não era sonho, era sintra !

A serra pintou-se de um laranja intenso e de uma humidade que deixou nas árvores altas, pequenas gotas de brilho.
A chuva que caíra durante a noite, levou a um aconchego nas mantas que já começam a saír dos armários.
O outono chegou a Sintra, onde já se cheira o bom aroma de castanhas assadas, assim que se chega ao ambiente de lufa-lufa na estação.
Com ele, as ruas esvaziam-se e nos cafés o convivio ganha vida enquanto o chá fervilha nos bules. A vila encheu-se de vento frio e chuva cortante, mas também de folhas e cor. E de uma energia tão mística e que bem caracteriza uma Sintra que é nossa.

2 comentários:

  1. Sintra é única e o teu texto traz-lhe as bonitas cores do Outono que só nesta vila se podem observar:)

    ResponderEliminar
  2. Maggie! Precisamos de ti! Dá sinais de vida POR FAVOR! liga o telemovel ou vai ao facebook! POR FAVOR!!!

    ResponderEliminar