quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Feliz Natal

Mais um Natal que se aproxima. E na véspera um dia tão escuro. Mas ainda bem. Que toda esta água a bater transfira energia para cada ponto do nosso íntimo seco, àspero, morto.
Estamos mortos. Mortos e a ser comandados. E o mais chocante é que sabemos.
Natal? Nascimento... de mais desejos consumistas alargados, de uma lufa-lufa inexplicável de pessoas entrelaçadas a empurrar-se, a caír como formigas que se pisam para chegar ao Inverno com o formigueiro o mais cheio possível.
Que este Natal seja diferente... Uma excepção para todos os outros.
Um aconchego quente de carinho e solidariedade, mas alargado.. este dia realizado numa filosofia de vida mais correcta, completa e bonita, para todos os dias e não só mais um!
Que os presentes sejam dádivas de amor para com os outros. Não nos podemos esquecer de que, a família com quem partilhamos o Natal, é grande... são todos os que nos rodeiam.
E que este nascimento simbolize o nascimento de novos valores dentro de nós, Paz, Vida , Irmandade Liberdade...
Desejo a todos os amigos leitores um óptimo Natal, com todos os sonhos realizados, partilhado com todos os que mais amam. Sejam felizes !

4 comentários:

  1. Sei que pensamos de modo parecido, ou não fossemos 'mother and daughter'... e que o Natal se estenda aos 365 dias do ano e que essa sensação consiga irradiar para todos os que estão neste espírito.

    Ho, Ho, Ho!!!

    Beijoquinhas

    ResponderEliminar
  2. Tudo o que o mundo precisa para ser melhor, é apenas Amor. Aí, vai tudo ser perfeito e harmonioso entre todas as pessoas. E isto tá provado cientificamente ;) E que melhor altura para espalhar esta mensagem?


    Bom natal deste canto do Universo
    Beijinhos**

    ResponderEliminar
  3. Em alguns países o Natal é a festa da família reunida e claro a parte religiosa. As prendas são deixadas para o dia dos reis magos, penso que de alguma forma com razão, pois reza a história que com eles chegam as prendas. Assim eu gostava que fosse cá para que acima de tudo o Natal não fosse esta canseira de consumismo. E para o dia dos reis (prendas) que fossem simbólicas, se possível artesanais, elaboradas por nós para ganharem outro significado.
    Beijinhos e um ano novo com tudo para seres feliz

    ResponderEliminar